Política

TRE esclarece boato sobre recadastramento biométrico

Nas últimas semanas, se espalhou pela internet um boato de que o Governo Federal promulgou uma lei que aplica multa de R$150,00 para os eleitores que perderam o prazo para recadastramento biométrico na Justiça Eleitoral.

A notícia falsa circula através de um texto no Facebook e um áudio com a voz de uma mulher no WhasApp. Nas mensagens é “informado” que se a suposta multa não for paga o eleitor ficará com RG, CPF e carteira de habilitação suspensos.